Família Almeida
Página Inicial | Contacto
 



Fontes
Cédula Pessoal nº 28
ADVIS-Registos Paroquiais do Castanheiro.
Livros B e G do Cartório do Registo Predial de S. João da Pesqueira.
Testamento no Livro de Testamentos da Pesqueira.
Boletim da Liga dos Lavradores do Douro, I Ano, Nº 1, Porto I de Setembro de 1887, Relação dos Sócios Fundadores da Liga dos Lavradores do Douro. p.7. Inscritos a 31 de Agosto de 1887.

Preliminares da Ampelographia e Enologia do Paiz Vinhateiro do Douro pelo Visconde de Villa Maior 4º fasciculo Lisboa Imprensa Nacional 1869 p. 242
Francisco Manuel de Almeida
* 28.04.1829 + São João da Pesqueira Castanheiro do Sul 24.06.1899
Pais
Filhos
Filhos de D. Isabel Pereira de Lemos * 23.10.1837
Filhos de Margarida Amália Baltazar * ? 1834
Notas Biográficas
  • Solteiro "sui juris", com D. Isabel Pereira de Lemos
  • Bacharel; Proprietário; Vereador da Câmara Municipal de S. João da Pesqueira
  • Procurador da Companhia Geral do Crédito Predial Português
  • Sócio Nº 29 da Liga dos Lavradores do Douro(enviei geneall). Enviei tudo com filhos
Notas
  • Padrinhos:
  • Manuel de Melo e Sampaio, natural da Espinhosa. Madrinha não consta.Meu bisavô, pai de meu avô Luís de Almeida com Isabel Pereira de Lemos, naturais do Castanheiro.
  • Cândida de Jesus da Veiga, n. na Vila do Castanheiro a (14/8/1823), filha de António Inácio de Azevedo e de Brites Maria da Veiga, foi mãe solteira de António Augusto, n. na Vila do Castanheiro a (27/2/1856), e baptizado a (19/3/1856), e "...deu por pai" Francisco Manuel de Almeida, que nunca assumiu este filho.
  • Foram padrinhos: António Pereira, solteiro e Carlota, mulher de Luís Rodrigues Cardoso, da Vila do Castanheiro.
  • Test. António Fernandes, pedreiro e José dos Santos
  • Padre José Ferreira de Azevedo
  • Registo do testamento com que faleceu Francisco Manuel de Almeida.
  • Testamento: (13/4/1897)
  • Tabelião: Afonso Barata Freire de Lima, Comarca de S. João da Pesqueira.
  • Livro de notas nº 23, folhas 48 vº Testamento Público.
  • Escritório na Rua da Carreira de S. João da Pesqueira.
  • -"Cristão Apostólico Romano.
  • -O seu cadáver envolto em hábito decente e sepultado em sagrado.
  • -Enterro religioso sem pompa, nem ostentação alguma e até mesmo sem Ofício ou Missa de corpo presente, conforme o das pessoas de humilde condição e segundo o costume da terra para estas.
  • -12 missas por sua alma
  • -12 missas por alma de seus pais
  • -6 missas por alma de seus avós, todas por uma só vez, dentro do prazo de um ano e pela esmola do costume.
  • -No dia do seu enterro, ou nos imediatos se dê de esmola aos pobres da sua freguesia, também por uma só vez, um almude ou os litros correspondentes de azeite e oito alqueires ou os litros correspondentes de centeio cozido"
  • "Por fragilidade humana, houve de duas mulheres livres, com as quais não tinha impedimento algum civil ou canónico que obstasse ao seu matrimónio, quatro filhos, por nome Fausto César, Artur, Luís e Dona Maria Dolorosa, os quais têm sido sempre creados na sua companhia, estando de posse de estado, mas para melhor lhe garantir seus direitos, aqui os perfilha e adopta, instituindo-os seus únicos e universais herdeiros e querendo que eles gozem de todas as perrogações e direitos que a lei concede aos filhos perfilhados e como se legítimos foram...
  • -Seu testamenteiro a seu filho Artur.
  • -Autoriza este e os demais a usarem dos seus apelidos no futurto.
  • Testemunhas...
  • Tablião Público de Notas da Comarca da Pesqueira
  • Adriano Emílio de Sousa Mendes Leal
  • Selo 4.000 réis
  • Faleceu numa das casas de Francisco Manuel de Almeida, a (10/8/1895), José Maria, de cerca de 48 anos de idade, de Alijó, "exposto, segundo me informaram, na Roda de Trevões, deste concelho. Mendigo, de idade pouco mais ou menos de quarenta e oito anos, ignorando-se o seu estado. Era de estatura regular, barba e cabelos compridos e quase brancos, nariz e boca regulares, dedos das mãos curtos e grossos, vestuário roto...
  • É possuidor de um forno de cozer pão, partindo de todos os lados com a rua pública, que foi aforado a Manuel Rodrigues Ferreira, do Castanheiro, pelo foro anual de 720 réis. Consta do Tombo de Trevões a f. 52, sendo o foro anual de 720 réis. Testando achou-se demolido. Reunião da Câmara José Ponciano de Magalhães
  • Proprietário de parte da Quinta dos Hortos, da Quinta do Caldeirão, Quinta do Enxameio, Cavaleiro, Poças, e mais em Castanheiro do Sul (1868)
  • Bisavô
© 2004  Guarda-Mór, Edição de Publicações Multimédia Lda.