Famílias de Guimarães
Página Inicial | Contacto
 

Fontes
- "Pevidém: de novo o progresso?" Autor: José F. Gonçalves
- "Boletim Coelima"
- "(Dis)Posições sociais num campo determinado pela indústria - classes e relações de classe numa freguesia industrializada do Vale do Ave", por Virgílio Borges Pereira; Faculdade de Letras da Universidade do Porto
- Genealogia da Família do Comendador Albano de Abreu Coelho Lima, por António Maria de Assis (Instituto Português de Heráldica; Associação Portuguesa de Genealogia) e Maria da Graça de Araújo da Rocha (Associação Portuguesa de Genealogia)
- Site oficial da Junta de Freguesia de S.Jorge de Selho (Vila de Pevidém): http://www.jfpevidem.com/s/139
- Sociedade Musical de Pevidém (Facebook): http://www.facebook.com/pages/Sociedade-Musical-de-Pevidém/114403105310875?sk=info
- Vitória - 75 Anos de História, de Raul Rocha
Coelho Lima
História
  • A família Coelho Lima remonta a 1861, descendentes de Manuel Martins Coelho Lima. O nome composto surge por força da união de Joaquim Martins Coelho (1832) com Engrácia Pereira de Lima (1839) sendo por isso, os seus filhos, a primeira geração desta família.
  • Família de industriais, fundadores das empresas "COELIMA - Indústrias Têxteis, S.A." e "LAMEIRINHO - Indústria Têxtil, S.A.", empregadoras de milhares de famílias no concelho de Guimarães.
  • A "COELIMA" de Albano M. Coelho Lima, fundada em 1922, foi uma das maiores empresas têxteis europeias, tendo chegado a ter uma dimensão empregadora que atingiu cerca de 3.500 trabalhadores. Foi ainda das primeiras empresas do País a criar Serviços Sociais, tendo instalado um Posto Médico, uma cantina, e até a Cooperativa para aquisição de produtos a preços mais baratos pelos trabalhadores. Criou ainda o Infantário da Coelima (hoje uma IPSS designada como "Infantário Albano Coelho Lima") e habitação social para os trabalhadores mais desfavorecidos, criando um autêntico bairro em torno das instalações da empresa. A Albano M. Coelho Lima se deve a edificação do bairro de habitação social existente na freguesia de Gondar, Guimarães, designado como "Bairro da Emboladoura", pois foi em terrenos da empresa que foram edificados estes edifícios de habitação social, então oferecidos pela empresa ao Estado para que aí fossem construídos edifícios onde pudessem residir os seus trabalhadores ou outras pessoas que necessitassem de habitação social.
  • No plano desportivo, a "COELIMA" teve um importante impacto no desporto Vimaranense do sec.XX, tendo criado equipas em várias modalidades como futebol (chegou a militar na III Divisão Nacional), voleibol, basquetebol e sobretudo o ciclismo modalidade em que teve uma das principais equipas nacionais, reconhecida durante décadas por todo o País; construiu o único campo de futebol de Pevidém, então utilizado pelo "Coelima" e hoje utilizado pelo "Pevidém Sport Clube" que veio a oferecer ao Município de Guimarães; o campo é hoje designado "Campo Desportivo Albano Coelho Lima"; ergueu o Pavilhão Gimnodesportivo "Coelima", à época um dos melhores pavilhões gimnodesportivos do norte do País, que chegou inclusive a ser palco do Mundial de Andebol (B), organizado em Portugal.
  • No plano cultural, Albano Martins Coelho Lima fundou o "Órfeão Coelima" (em 03.06.1963), constituído maioritariamente por trabalhadores da empresa, órfeão que ainda hoje existe, embora já sem qualquer ligação à empresa "Coelima", mas que mantém a designação em homenagem ao seu fundador e patrono; o Órfeão Coelima assegura anualmente a organização de um Encontro de Coros (com algumas edições internacionais) em homenagem a Albano Coelho Lima; em 1977 foi ainda criado o "Grupo Teatro Coelima", que mantém a sua existência e designação, sendo entre outros eventos o responsável pela organização do Carnaval de Pevidém, a principal manifestação carnavalesca do concelho de Guimarães.
  • A "LAMEIRINHO", de Joaquim M. Coelho Lima (irmão de Albano M. Coelho Lima), fundada em 1948 tornou-se igualmente uma das referências do têxtil nacional, tendo chegado a empregar cerca de 1800 trabalhadores. Na passagem do final do sec.XX para início do sec.XXI a LAMEIRINHO afirmou-se como uma das maiores têxteis nacionais, tendo adquirido o estatuto, que mantém, de maior exportadora têxtil para o mercado dos E.U.A..
  • Enquanto estudantes de Guimarães, vários membros desta família integraram a Comissão de Festas Nicolinas, entidade organizadora das Festas Nicolinas, seculares festas académicas vimaranenses: André Coelho Lima (1992); Pedro Coelho Lima (1996); Miguel Coelho Lima (1997); Francisco Coelho Lima (2000); Afonso Coelho Lima (2015). De entre estes, André Coelho Lima, em 1992, e Afonso Coelho Lima, em 2015, foram ainda eleitos Pregoeiros, tendo a responsabilidade de recitar o Pregão de S.Nicolau nas ruas da Cidade de Guimarães.
  • André Coelho Lima foi, em 1996, dirigente da Ass.Antigos Estudantes do Liceu de Guimarães/Velhos Nicolinos, tendo depois sido um dos fundadores da Associação de Comissões de Festas Nicolinas (1995), sendo seu Presidente da Assembleia-Geral de 2003 a 2014. Miguel G. Coelho Lima foi Presidente da Direção da ACFN, de 2010 a 2014.
  • É igualmente forte a ligação de diversos membros desta família ao desporto em Guimarães, particularmente ao Vitória Sport Clube.
  • Casimiro Coelho Lima, considerado "um dos grandes beneméritos da história vitoriana" foi Vice-Presidente do Clube (1958) tendo sido responsável pela edificação das novas bancadas do Estádio da Amorosa. Foi eleito Presidente do Vitória Sport Clube em 1961, tendo ainda sido Vice-Presidente da Ass. Futebol Braga (1963-1981) e Vice-Presidente da Assembleia-Geral do Vitória (1978-81). Casimiro Coelho Lima é Sócio Honorário e Sócio Benemérito do Vitória Sport Clube. Albano Martins Coelho Lima é Sócio Benemérito do Vitória Sport Clube, tendo integrado o Conselho Vitoriano em 1962. Francisco de Abreu Coelho Lima foi membro do Conselho Fiscal do Vitória Sport Clube (1970) e representante do clube na Associação de Futebol de Braga.
  • Mais tarde, nas direções de António Pimenta Machado, André Coelho Lima fundou e presidiu ao Departamento de Juventude (1993-1998), tornando-se depois no primeiro Diretor de Marketing do clube (1998-2000), tendo nessa função promovido o registo do símbolo oficial do Vitória Sport Clube, o registo da marca "Vitória", o registo e criação do site oficial do clube na internet (www.vitoriasc.pt) e concebido e inaugurado a primeira loja de produtos oficiais. André Coelho Lima foi ainda membro da Comissão do 75º Aniversário do Vitória Sport Clube. Mais tarde (2004-2007) foi vogal do Conselho Fiscal. Em 2003 Pedro Coelho Lima fundou a Secção de Pólo Aquático do Vitória, que dirigiu durante 9 anos até assumir a função de Diretor das Modalidades do Clube (2012). Em 2013 Pedro Coelho Lima foi cooptado para a função de Vice-Presidente, função para que foi depois eleito em 2015 e novamente em 2018. Em 2019 Paulo F. Coelho Lima foi nomeado membro do Conselho Vitoriano.
  • Merece destaque igualmente o envolvimento na modalidade do ciclismo, onde se destacou Casimiro Coelho Lima, impulsionador da modalidade de ciclismo na COELIMA, um dos mais reconhecidos clubes nacionais nas décadas de 1960 e 1970 e depois fundador, e primeiro Presidente, da Associação de Ciclismo do Minho (1978), sendo depois Presidente do Conselho Fiscal da ACM (1980). Atento o papel de grande impulsionador da modalidade, Casimiro Coelho Lima foi postumamente homenageado pela Associação de Ciclismo do Minho (2012) e mais tarde ainda distinguido com a categoria de Sócio Honorário da Federação Portuguesa de Ciclismo (2019).
  • Pode neste capítulo ser considerada a ligação e participação de muitos membros desta família ao Clube Industrial de Pevidém, uma agremiação de industriais mas que se tem destacado, ao longo dos anos, pela modalidade de tiro. Albano M.Coelho Lima foi um dos seus fundadores, em 1933, dirigente desde 1937 tendo sido Presidente da Assembleia-Geral entre 1960 e 1963. O seu filho mais velho, Casimiro Coelho Lima, foi um dos mais destacados dirigentes do Clube Industrial, tendo sido dirigente desde 1943 e ininterruptamente durante 44 anos, sendo Vice-Presidente de 1968 a 1978 e Presidente de 1979 a 1987. Também João L.Coelho Lima, Francisco A.Coelho Lima e Adelino Coelho Lima (todos também filhos de Albano M.Coelho Lima) foram dirigentes do Clube Industrial, bem como o seu sobrinho Albano A.Coelho Lima, que presidiu ao Conselho Fiscal de 1989 a 1998.
  • Como atletas, Albano G. Coelho Lima foi o impulsionador da modalidade de basquetebol no COELIMA tendo sido depois atleta de rugby do CDUP. Em 2010, Albano G. Coelho Lima foi distinguido pelo clube de rugby vimaranense (GRUFC - Guimarães Rugby Union Football Club) como o primeiro vimaranense praticante desta modalidade. No andebol destacaram-se os filhos de Albano G. Coelho Lima, Afonso Coelho Lima foi atleta das equipas séniores do Xico Andebol (Francisco de Holanda) e do IMAI, Manuel Coelho Lima foi atletas da equipa sénior do Xico Andebol (Francisco de Holanda) e do F.C.Porto. Em 2016, ainda como atleta jovem do Xico Andebol Manuel Coelho Lima venceu o «Prémio Jovem Revelação do Ano 2016» na Gala do Desporto de Guimarães 2016.
  • No plano cultural, o patriarca desta família - Manuel Martins Coelho Lima - foi o fundador da Sociedade Musical de Pevidém, em 1894, tendo sido regente (ou maestro) da banda desde a sua fundação e até 1928. O seu filho Albano Martins Coelho Lima foi maestro da banda entre 1929 e 1931, tendo depois sido Presidente da instituição durante longos anos. Joaquim Martins Coelho Lima, também filho do fundador da S.M.P., exerceu a função de maestro da banda entre 1960 e 1969, tendo igualmente presidido à instituição.
  • Albano de Abreu Coelho Lima foi Presidente da Sociedade Musical de Pevidém desde 1988, bem como seu benemérito durante todo esse período, tendo sido atribuído o seu nome à Academia de Música da Sociedade Musical de Pevidém, criada em 2016.
  • A dimensão cultural não se esgota, porém, nesta ligação umbilical à Sociedade Musical de Pevidém nas suas diversas fases. Para além da muito intensa ligação às Festas Nicolinas, já referida em cima, particularmente Albano Martins Coelho Lima foi um elemento decisivo em diversas importantes unidades culturais do concelho de Guimarães, tendo fundado o "Órfeão Coelima", em 1963, o "Teatro Coelima", em 1977, sendo ainda fundador Clube Recreativo «Os 20 Arautos de D.Afonso Henriques» e dirigente da "Casa da Marcha" (Associação Artística da Marcha Gualteriana).
  • André Coelho Lima foi um dos fundadores da "Olho de Vidro - Associação Cinematográfica de Guimarães"(2004), projeto liderado pelo cineasta Rodrigo Areias.
  • No plano social, destaca-se naturalmente a muito intensa atividade social da empresa COELIMA, tal como acima descrito. A empresa COELIMA e o seu fundador Albano M. Coelho Lima tornaram-se célebres pela política empresarial de apoio social, inovadora à época. Não houve no entanto, ao longo dos anos, um número significativo de membros desta família ligados a instituições sociais.
  • Em todo o caso, o extinto Infantário da Coelima deu lugar ao "Infantário Albano Coelho Lima, IPSS" desde então gerido e liderado por elementos desta família.
  • Albano M. Coelho Lima foi dirigente e benemérito da Casa dos Pobres de Pevidém, tendo então determinado que todos os trabalhadores da COELIMA atribuiriam 1 escudo do seu salário para apoio à Casa dos Pobres de Pevidém, ajudando a cumprir a máxima de que "Pevidém sustenta os seus pobres".
  • Anos mais tarde, o seu filho Francisco A. Coelho Lima e o seu neto Francisco M. Coelho Lima foram igualmente dirigentes desta instituição. O mesmo sucedendo com o seu afilhado, Albano A. Coelho Lima que foi muito anos dirigente e benemérito da instituição.
  • Em 2017, o bisneto de Albano M. Coelho Lima, André Coelho Lima, foi eleito Presidente do então Lar Beneficente de São Jorge (antiga Casa dos Pobres de Pevidém), Direção de que fez igualmente parte José Miguel Coelho Lima, filho de Albano A. Coelho Lima.
  • Vários membros desta família ocuparam posições de natureza política ou de organização da comunidade, por eleição ou nomeação, com particular incidência no concelho de Guimarães.
  • Como vereadores na Câmara Municipal de Guimarães (Albano de Abreu Coelho Lima - 1976/1979 - e André Coelho Lima - 2009/2021), como deputados na Assembleia Municipal de Guimarães (André Coelho Lima - 2001/2009 - e Francisco G. Coelho Lima - 2005/2009). André Coelho Lima foi por duas vezes candidato a Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, em 2013 (eleição que não venceu obtendo 35,6% dos votos) e em 2017 (eleição que não venceu tendo obtido 37,9% dos votos).
  • Para além das funções autárquicas, em funções partidárias, André Coelho Lima foi eleito Presidente da Concelhia de Guimarães do PSD (2010/2016), Vice-Presidente da Comissão Política Distrital do PSD (2014/2018) e membro da Comissão Política Nacional do PSD, presidida por Rui Rio (2018/2020).
  • Fora do concelho de Guimarães, Joaquim Salgado Coelho Lima, depois de ter sido Adjunto do Secretário de Estado da Saúde (1979/1980) foi depois designado Subdiretor-Geral de Saúde, tendo exercido as funções de Diretor-Geral de Saúde por delegação da Ministra da Saúde, Leonor Beleza (1986/1990). Na área da Segurança Social, Joaquim S. Coelho Lima foi Subdiretor-Geral do Centro Regional de Lisboa da Segurança Social (1990/1993), Vice-Presidente do Conselho Directivo do Centro Regional da Segurança Social de Lisboa e Vale do Tejo (1993/1996) e Vice-Presidente do Conselho Directivo do Centro Nacional de Protecção Contra os Riscos Profissionais (1996/2003).
  • Carlos Alberto Coelho Lima foi designado, em 1996, Oficial de Segurança do Presidente da República Portuguesa, Dr. Jorge Sampaio. Em 2000, foi nomeado responsável pelo Comando de Polícia das Nações Unidas (CivPol, polícia civil da ONU), em Timor-Leste, integrando a estrutura tripartida designada como "Força Internacional para Timor-Leste" com o general australiano Peter Cosgrove (responsável pela parte militar) e o diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello (funcionário da ONU e responsável pela parte diplomática), cabendo a Carlos Alberto Coelho Lima a responsabilidade pela parte de policiamento civil. Em 2002 exerceu a função de Director Nacional-Adjunto e Superintendente-Chefe da P.S.P..
  • Em 1948 Albano Martins Coelho Lima foi fundador do Rotary Club de Guimarães, tendo sido o seu primeiro Presidente. Ainda hoje o Rotary Club de Guimarães entrega anualmente o "Prémio Albano Coelho Lima" em homenagem a este seu fundador e dirigente.
  • Em 2015, Paulo F. Coelho Lima foi nomeado Cônsul Honorário do México no Porto.
  • No plano profissional ou corporativo, em 2006 André Coelho Lima integrou o Conselho Distrital do Porto da ANJAP (Associação Nacional de Jovens Advogados Portugueses), estrutura que veio depois a presidir no triénio 2007-2009.
  • Pedro Coelho Lima foi eleito para a Delegação Distrital de Braga da Ordem dos Engenheiros no ano 2016
  • Adelino Coelho Lima foi distinguido pela Ordem dos Engenheiros, em 2010, com o "alfinente de ouro" em reconhecimento do seu percurso profissional.
  • Na vila vimaranense de Pevidém (S. Jorge de Selho), a principal rua de comércio tem o nome de "Rua Albano Coelho Lima", o Campo de Jogos do clube local - Pevidém Sport Clube - tem o nome de "Campo Albano Coelho Lima" e existe ainda a "Creche e Jardim Infantil Albano Coelho Lima, IPSS", todos dedicados a Albano Martins Coelho Lima.
  • Igualmente na vila de Pevidém, no edifício da antiga escola primária de Bairro, no ano 2016 foi instalada a Academia de Música Comendador Albano de Abreu Coelho Lima, Academia de Música da Sociedade Musical de Pevidém, dedicada a Albano de Abreu Coelho Lima, sobrinho e afilhado de Albano Martins Coelho Lima, Presidente e patrono da Sociedade Musical de Pevidém desde a década de 1980.
Notas
  • 1894: Manuel Martins Coelho Lima funda a Sociedade Musical de Pevidém
  • 1895: Manuel Martins Coelho Lima designado maestro da Banda da Sociedade Musical de Pevidém
  • 1922: Albano Martins Coelho Lima funda a COELIMA - Indústrias Têxteis, S.A., em Pevidém, então sob a designação "Albano Coelho Lima & Filhos, Lda."
  • 1929: Albano Martins Coelho Lima designado maestro da Banda da Sociedade Musical de Pevidém
  • 1933: Albano Martins Coelho Lima funda, com outros empresário da vila de Pevidém, o Clube Industrial de Pevidém (então designado como Grémio Industrial de Pevidém)
  • 1948: Joaquim Martins Coelho Lima funda a LAMEIRINHO - Indústria Têxtil, S.A., em Pevidém
  • 1948: Albano Martins Coelho Lima funda, com outros empresários vimaranenses, o Rotary Club de Guimarães, de que foi seu primeiro Presidente
  • 1958: Casimiro Coelho Lima eleito Vice-Presidente do Vitória Sport Clube de Guimarães, presidido por Alberto da Costa Guimarães
  • 1960: Joaquim Martins Coelho Lima designado maestro da Banda da Sociedade Musical de Pevidém
  • 1962: Casimiro Coelho Lima eleito Presidente do Vitória Sport Clube de Guimarães
  • 1963: Albano Martins Coelho Lima fundador do Orfeão Coelima
  • 1976: Albano de Abreu Coelho Lima eleito Vereador da Câmara Municipal de Guimarães
  • 1977: Casimiro Coelho Lima fundador da Associação de Ciclismo do Minho
  • 1977: Albano Martins Coelho Lima fundador do Grupo Teatro Coelima
  • 1977: Casimiro Coelho Lima eleito Presidente da Associação de Ciclismo do Minho (1º Presidente da ACM)
  • 1979: Joaquim Salgado Coelho Lima nomeado Adjunto do Secretário de Estado da Saúde, Correia de Campos (V Governo Constitucional - Primeira-Ministro: Maria de Lourdes Pintasilgo)
  • 1979: Casimiro Coelho Lima eleito Presidente do Clube Industrial de Pevidém (de que era Vice-Presidente desde 1968 e membro da Direção desde 1943)
  • 1982: Albano Martins Coelho Lima agraciado postumamente com o grau de Comendador da Ordem de Mérito Civil na classe de Mérito Industrial
  • 1982: Albano de Abreu Coelho Lima agraciado com o grau de Comendador da Ordem de Mérito Civil na classe de Mérito Industrial
  • 1986: Joaquim S. Coelho Lima é designado Subdiretor-Geral de Saúde (tendo exercido durante um ano, por delegação da Ministra da Saúde, Leonor Beleza, as funções de Diretor-Geral de Saúde)
  • 1988: Albano de Abreu Coelho Lima eleito Presidente da Sociedade Musical de Pevidém
  • 1990: Joaquim S. Coelho Lima nomeado Subdiretor-Geral do Centro Regional de Lisboa da Segurança Social
  • 1992: André Coelho Lima membro da Comissão de Festas Nicolinas 1992 (festas académicas de Guimarães)
  • 1992: André Coelho Lima Pregoeiro 1992 - Festas Nicolinas
  • 1993: Joaquim S. Coelho Lima Vice-Presidente do Conselho Directivo do Centro Regional da Segurança Social de Lisboa e Vale do Tejo
  • 1993: André Coelho Lima funda e preside ao Departamento de Juventude do Vitória Sport Clube
  • 1995: André Coelho Lima funda, com outros antigos nicolinos, a ACFN (Associação de Comissões de Festas Nicolinas)
  • 1996: Carlos Alberto Coelho Lima designado Oficial de Segurança do Presidente da República Portuguesa
  • 1996: Pedro Coelho Lima membro da Comissão de Festas Nicolinas 1996 (festas académicas de Guimarães)
  • 1996: Joaquim S. Coelho Lima Vice-Presidente do Conselho Directivo do Centro Nacional de Protecção Contra os Riscos Profissionais
  • 1997: André Coelho Lima integra a Comissão do 75º Aniversário do Vitória Sport Clube
  • 1997: Miguel G. Coelho Lima membro da Comissão de Festas Nicolinas 1997 (festas académicas de Guimarães)
  • 1998: André Coelho Lima Diretor de Marketing do Vitória Sport Clube, presidido por António Pimenta Machado
  • 2000: Carlos Alberto Coelho Lima nomeado responsável pelo Comando de Polícia das Nações Unidas (CivPol, polícia civil da ONU), da estrutura tripartida designada como "Força Internacional para Timor-Leste"
  • 2000: Francisco G. Coelho Lima membro da Comissão de Festas Nicolinas 2000 (festas académicas de Guimarães)
  • 2001: André Coelho Lima funda, com outros vimaranenses, o "Forum Vimaranis - Associação para o Desenvolvimento de Guimarães", de que foi o seu sócio n.º1
  • 2002: Carlos Alberto Coelho Lima Director Nacional-Adjunto e Superintendente-Chefe da P.S.P.
  • 2004: André Coelho Lima fundador, em projeto liderado pelo cineasta Rodrigo Areias, da "Olho de Vidro - Associação Cinematográfica de Guimarães"
  • 2004: Pedro Coelho Lima vencedor do Prémio "Dirigente do Ano" da modalidade de Pólo Aquático (época 2003/04) pela Associação de Natação do Norte de Portugal
  • 2006: Albano de Abreu Coelho Lima agraciado com o grau de Grande Oficial da Ordem de Mérito Civil na classe de Mérito Industrial
  • 2007: André Coelho Lima eleito Presidente do Conselho Distrital do Porto da ANJAP (Associação Nacional de Jovens Advogados Portugueses)
  • 2008: Pedro Coelho Lima vencedor do Prémio "Dirigente do Ano" da modalidade de Pólo Aquático (época 2007/08) pela Associação de Natação do Norte de Portugal
  • 2009: André Coelho Lima eleito Vereador da Câmara Municipal de Guimarães
  • 2010: André Coelho Lima eleito Presidente da Comissão Política de Guimarães do PSD (Partido Social Democrata)
  • 2010: Adelino Coelho Lima homenageado pela Ordem dos Engenheiros de Portugal com o "Alfinete de Ouro" em reconhecimento do seu percurso profissional
  • 2010: Miguel G. Coelho Lima eleito Presidente da Direção da Associação de Comissões de Festas Nicolinas (ACFN)
  • 2010: Albano Guimarães Coelho Lima distinguido na 1ª R.A.U. (Rugby Anual Union) do Guimarães Rugby Union Football Club (GRUFC) como "Decano dos jogadores vimaranenses", por ser o primeiro praticante de rugby de Guimarães, então como atleta do CDUP
  • 2012: Casimiro Coelho Lima homenageado postumamente pela Associação de Cicilismo do Minho, de que havia sido fundador e primeiro Presidente em 1977
  • 2012: Pedro Coelho Lima Diretor das Modalidades do Vitória Sport Clube de Guimarães, presidido por Júlio Mendes
  • 2013: André Coelho Lima candidato à Presidência da Câmara Municipal de Guimarães pela coligação Juntos por Guimarães (PSD/CDS-PP/MPT) nas Eleições Autárquicas 2013; votação: 35,61% (31.174 votos)
  • 2013: André Coelho Lima eleito Vereador da Câmara Municipal de Guimarães
  • 2013: Alexandre Coelho Lima, juntamente com os demais responsáveis do Gabinete de Arquitetura "Pitágoras", foi distinguido com o Reddot Design Award 2013 “Best of the Best”, com o European Copper in Architecture Award 2013, com o Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2013, e ainda com a integração na Shortlist do European Union Prize for Contemporary Architecture – Mies van der Rohe, com o projeto de arquitetura da Plataforma das Artes e da Criatividade, em Guimarães
  • 2015: Pedro Coelho Lima eleito Vice-Presidente do Vitória Sport Clube, presidido por Júlio Mendes
  • 2015: Paulo F. Coelho Lima nomeado Cônsul Honorário do México no Porto
  • 2015: Afonso Coelho Lima membro da Comissão de Festas Nicolinas 2015 (festas académicas de Guimarães)
  • 2015: Afonso Coelho Lima Pregoeiro 2015 - Festas Nicolinas (festas académicas de Guimarães)
  • 2016: Manuel Coelho Lima venceu o «Prémio Jovem Revelação do Ano» na Gala do Desporto de Guimarães 2016, como atleta da modalidade de andebol no Xico Andebol
  • 2017: André Coelho Lima eleito Presidente do Lar Beneficente de São Jorge, IPSS - antiga «Casa dos Pobres de Pevidém»
  • 2017: André Coelho Lima candidato à Presidência da Câmara Municipal de Guimarães pela coligação Juntos por Guimarães (PSD/CDS-PP/MPT/PPM/PPV-CDC) nas Eleições Autárquicas 2017; votação: 37,91% (36.452 votos)
  • 2017: André Coelho Lima eleito Vereador da Câmara Municipal de Guimarães
  • 2017: Alexandre Coelho Lima distinguido como “Melhor Instagramer de Portugal em 2017" no âmbito da sua colaboração na rede social Instagram
  • 2018: André Coelho Lima eleito para a Comissão Política Nacional do PSD (Partido Social Democrata), presidida por Rui Rio
  • 2018: Pedro Coelho Lima eleito Vice-Presidente do Vitória Sport Clube, presidido por Júlio Mendes
  • 2019: André Coelho Lima indicado pelo PSD como cabeça de lista pelo círculo eleitoral de Braga nas Eleições Legislativas 2019
  • 2019: Paulo F. Coelho Lima nomeado membro do Conselho Vitoriano do Vitória Sport Clube
  • 2019: Alexandre Coelho Lima orador no TEDx Guimarães na condição de arquiteto e fotógrafo
  • 2019: André Coelho Lima eleito Deputado à Assembleia da República
  • 2019: Casimiro Coelho Lima distinguido postumamente com o título de Sócio Honorário da Associação Portuguesa de Ciclismo
© 2004  Guarda-Mór, Edição de Publicações Multimédia Lda.